quarta-feira, 17 de outubro de 2007

domingo, 14 de outubro de 2007

Wikipedia ao domingo à tarde...

Só agora descobri que o Bob Dylan (esse mesmo!) nasceu em Duluth!
(Para quem não sabe, é para onde vou fazer uma parte do meu doutoramento)

Maluqueiras...

Tenho amigos que me chamam maluco dos cornos porque vou investir cerca de 2000€ (quando os tiver, espero que em breve!!) numa guitarra. É uma ESP JH-2 em versão para esquerdino, feita totalmente à minha medida. Mas quando digo totalmente, digo totalmente! (Equilibrada para a minha altura, braço com tamanho óptimo para a minha mão, etc...) Basicamente, a minha guitarra de vida.

Agora, digam-me que o maluco sou eu! Vejam isto...

domingo, 7 de outubro de 2007

P.S.

Acho que é uma menina.

O fim da inocência...

Escrevi aqui, há pouco tempo, sobre momentos marcantes. Este fim de semana, passei por mais um, que descrevo como o ponto final na infância. Alguns poderão ter já atingido este ponto há muito nas suas vidas, mas agarrei-me à minha até hoje, talvez porque era um refúgio de felicidade e conforto, que às vezes era difícil de ter nesta vida dita adulta.
Encontrei a minha primeira namorada, aquele amor de infância, e alguém a quem me agarrava, inconscientemente reparo agora, numa tentativa de recriar esse passado glorioso.
Encontrei-a grávida, de quatro meses.

(pausa para suspiro)

Imaginei esta cena milhares de vezes, sempre com o mesmo desfecho. Ela felicíssima, bela e eu a seu lado. Enganei-me num destes detalhes.
Não sei, acho que tinha esta fantasia subconsciente que tudo voltaria a ser como era, que tudo seria outra vez fácil, simples e perfeito. Como me enganava...
Estou felicíssimo, por ela. Sofro, por dentro. É o fechar de um ciclo, o fim de uma era na minha vida. Sinto-me um barco à deriva, sem as amarras que sabia ter, para o caso de dar um passo em falso...

Enfim, o futuro dirá o que acontece... Mas dói largar o passado. Pode ser que isto me faça bem. Espero que me faça bem.

quarta-feira, 3 de outubro de 2007

Champions...

Esta foi uma noite de estreias e regressos:
- Primeira vez que o FCP jogou com o Besiktas
- Primeira vez que ganhou na Turquia
- Primeira vez que, na era Jesualdo, em que a 2a parte foi superior à 1a
- Primeira vez que, em dificuldades, o Jesualdo lê bem o jogo e faz boas substituições
- Regresso do Helton às boas exibições (desde o frango com o Chelsea que andava a fazer jogos tremendamente inseguros)
- Regresso do Paulo Assunção à vida (ainda não tinha feito nada esta época)
- Regresso do Bruno Alves que toda a gente conhece! Arrumou com 2 turcos! Ah leão!

P.S. - O Camacho diz que é preciso trabalhar, trabalhar, trabalhar... É minha impressão, ou ele é o único que trabalha lá prós lados da Luz??

O chamado plágio...

Gaspar, roubaram-te a piada!!

segunda-feira, 1 de outubro de 2007

Adenda:

E, já agora, em jeito de post scriptum, rest in peace Michael Kamen.

E tudo mudou...

Há poucos dias (ou mesmo momentos) na nossa vida em que sentimos que ela nunca será a mesma: A primeira vez, o nascimento de um filho, etc... São poucos os que por eles passam, ainda menos são os que por eles dão conta. Na minha curta vida (25 anos), só tenho um marcante. Um que se eleva acima de tudo. Chamem-me tarado, viciado, obtuso, o que quiserem. Nada, mas mesmo nada, me marcou desta maneira. A isto chamo eu amor. Correspondido. Sem vícios, sem discussões, só amor a fluir em ambas as direcções. A minha vida mudou quando vi isto:

Como diz o poeta, "... e mais nada importa"

País de merda...

Reparar bem na figura:

Como é possível um jornal desportivo diário (só por isto já é uma estupidez, quanto mais dizer que este nosso Portugal tem 3!) publicar 64 páginas ( !!!! ) dedicadas a um jogo sem história? Ok, cheio de casos, mas enquanto se der importância a isto...
Que miséria, meus senhores...